fbpx

Coronavírus chegou em Divinópolis já a alguns dias e está causando uma preocupação na população.

Com a intenção de gerar mais informações e deixar as pessoas mais conscientizadas decidimos utilizar do nosso espaço para falar diretamente com você.

Este artigo tem o intuito de informar e educar sobre tudo que estamos vivendo.

Divinópolis foi a primeira cidade de Minas Gerais a ser considerada cidade de risco de proliferação local, isso significa, onde pessoas tenham ido a países infectados ou tenham tido contato com quem esteve.

No dia 11 de março de 2020 a OMS – Organização Mundial da Saúde declarou que estamos vivendo uma pandemia do novo coronavírus.

Segundo a OMS nas últimas semanas os casos do vírus Covid-19, o coronavírus, triplicou em número de países afetados.

Pandemia em Divinópolis?

A palavra pandemia sugere uma enfermidade epidêmica amplamente disseminada.

A definição de pandemia não depende de um número específico de casos, mas de sua amplitude mundial.

O coronavírus já afetou 146 países, deixando mais de 6 mil mortos em escala mundial. A declaração serve como um alerta para que todos os países adotem medidas protetivas contra a disseminação do vírus.

Coronavírus em Divinópolis

Até o momento 12 casos de Coronavírus em Divinópolis foram registrados, sendo um confirmado e dois descartados, nove casos ainda estão sendo investigados.

A manifestação do Coronavírus em Divinópolis começou como nível um, que é quando um paciente importa o vírus.

A paciente em questão esteve na Europa e chegou em Minas Gerais apresentando sintomas da doença, marido e filhos da paciente testaram negativo para o coronavírus e estão em quarentena.

A paciente infectada com Coronavírus em Divinópolis permanece em isolamento.

Quais os principais sintomas do coronavírus?

Covid-19 Sintomas Divinópolis

O coronavírus pode apresentar sintomas muito similares aos de uma gripe comum, fique atento e saiba quando procurar ajuda médica.

O vírus, Covid-19, apresenta uma progressão de sintomas que começam com febre, tosse e em alguns casos pneumonia.

Apresentando os sintomas anteriores já é recomendado procurar ajuda médica.

Em alguns casos pode ocorrer pneumonia,  entre os sintomas mais severos estão a dificuldade respiratória e insuficiência pulmonar, em casos severos pode ocorrer choque séptico e falência de órgãos (risco de morte).

Algumas pessoas pertencem a grupos de risco mais suscetíveis ao coronavírus, são elas: idosos, diabéticos, hipertensos, asmáticos, fumantes e portadores de outras doenças crônicas.

Os grupos de risco possuem maior dificuldade em se recuperar do vírus, isso porque o novo coronavírus é parente do vírus causador da SARS – Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Sendo assim, pacientes com doenças debilitantes têm menor capacidade de frear o vírus, causando maiores chances de provocar pneumonia.

A baixa imunidade também é um fator agravante.

Como se prevenir do coronavírus em Divinópolis

Fique atento às dicas e recomendações de prevenção e contenção do avanço do coronavírus.

O que você deve fazer para se prevenir do coronavírus em Divinópolis:

  • Lavar as mãos constantemente e utilizar o álcool gel em seguida;
  • Lave as mãos com sabão e até a metade do pulso, esfregando entre os dedos e unhas;
  • Não tocar mucosas como olho, nariz e boca – principalmente em locais público e/ou com a mão suja;
  • Ao tossir ou espirrar cubra o nariz e boca com a parte interna do braço;
  • Evite aglomerações – shows, shoppings, eventos, feiras, palestras, etc;
  • Limpar com álcool sua estação de trabalho e objetos utilizados frequentemente;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Evitar o contato com pessoas infectadas ou que apresentem os sintomas citados;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Lavar as mão antes e depois de qualquer atividade.

A transmissão do coronavírus ocorre pelo ar, saliva, tosse e/ou espirros.

Ficar atento a higiene pessoal é de extrema importância nesse momento, se você apresenta sintomas como: febre baixa; tosse; dor de garganta; coriza, procure atendimento médico imediatamente.

Só é necessário buscar ajuda médica se o paciente apresentar um conjunto de sintomas, tosse, coriza ou mal estar isolado não necessitam de atendimento imediato.

Se você apresentou um ou mais sintomas e está no grupo de risco, procure atendimento médico.

Se você não está no grupo de risco, mantenha distância de pessoas que fazem parte dos grupos de risco e de crianças.

O mais importante nesse momento é controlar a transmissão do vírus, faça sua parte.

Siga as recomendações de prevenção, use máscara se estiver sintomático, mantenha-se em isolamento e procure atendimento médico.

Recomendações gerais – Coronavírus em Divinópolis

Medidas Preventivas

Divinópolis foi considerada uma área de transmissão local do coronavírus, confira as recomendações do governo federal:

Está voltando de uma viagem internacional?

A recomendação imediata é isolamento de no mínimo 7 dias para observação de possíveis sintomas do coronavírus.

Neste momento, alguns estados como Rio e São Paulo também estão em estado de alerta.

Viajantes que estão retornando dessas áreas de risco precisam ficar isolados para observação.

Grandes eventos, palestras e feiras devem ser cancelados.

Campeonatos esportivos e congressos também entram na lista.

Em algumas cidades as aulas já estão suspensas ou serão suspensas em breve, a recomendação geral é permanecer em casa.

Outras recomendações gerais incluem a colocação de equipamentos com álcool gel em serviços públicos e privados, toalhas de papel descartáveis também devem estar disponíveis.

É preciso redobrar a atenção com a limpeza dos locais coletivos, maçanetas e corrimãos devem ser limpados com frequência.

O contato físico nesse momento não é encorajado, evite apertos de mãos, abraços e se você faz parte dos grupos de risco, fique em casa e evite ao máximo aglomerações.

Outras dicas preventivas contra o coronavírus em Divinópolis

  • Evite horários de pico no transporte público;
  • Lave as mãos assim que sair do ônibus ou carro;
  • Usar máscara caso esteja gripado;
  • Manter uma distância segura de pessoas sintomáticas (1,5m);
  • Higienizar objetos pessoais com álcool 70% e papel toalha;
  • Evite comer na rua e em locais públicos, não divida copos, talheres ou lanches nesse momento; 
  • Higienizar as mãos antes e depois das refeições.

Quem deve ficar isolado?

Eu estive em contato com pessoas sintomáticas ou que estiveram em áreas de risco, o que fazer?

O Ministério da Saúde divulgou algumas recomendações sobre quem deve ficar em isolamento por causa do coronavírus.

Primeiramente, a decisão de isolamento cabe a avaliação médica.

Em casos de viagens internacionais, contato com pessoas infectadas ou áreas de risco, procure recomendação médica.

No momento, a principal recomendação para os casos citados anteriormente é o isolamento por 7 dias, em casa, para observação dos sintomas.

Casos suspeitos que estão sendo investigados exigem isolamento, assim como outras pessoas que estiveram em contato com esses casos.

Casos investigados com resultado de exame negativo, estão liberados do isolamento. Lembrando, que todas as decisões passam por avaliação médica.

Os grupos de risco precisam de atenção redobrado, para portadores de doenças crônicas e respiratórias a recomendação é permanecer em casa e evitar ao máximo aglomerações.

É possível que eu contraia o vírus só de ficar perto de alguém infectado? A probabilidade é pequena, mas existe sim.

Para controlar a situação do coronavírus em Divinópolis e em todo Brasil, siga a risca as recomendações e medidas preventivas.

A taxa de infecção do Covid-19 é relativamente baixa, uma pessoa infectada, infecta de 2 a 4 pessoas. É preciso a colaboração de todos para que possamos reverter esse quadro de pandemia.

Faça sua parte!

Atualização – Coronavírus em Divinópolis

Casos em Divinópolis

imagem retirada no portal G1-Centro Oeste
https://g1.globo.com/mg/centro-oeste/noticia/2020/03/18/coronavirus-boletim-da-ses-mg-desta-quarta-feira-nao-tem-alteracoes-no-centro-oeste.ghtml

19 de Março de 2020

Fale Conosco Agora!
1
Fale Conosco!
Olá! Tudo bem?
Podemos lhe ajudar na escolha de sua qualificação?