Conheça 7 fatos sobre robôs que vão te surpreender!

Robôs já apareceram em seriados, filmes e desenhos animados em todos os formatos e funções possíveis, desde os robôs faxineiros em Os Jetsons até o robô aniquilador de O Exterminador do Futuro. E apesar de toda essa tecnologia presente na cultura pop parecer algo tão avançado, ela está cada vez mais próxima de nossa realidade. Então que tal aprender mais sobre isso e descobrir 7 fatos incríveis sobre robôs?

1 – O maior enxadrista de todos os tempos perdeu para um computador em 1996

Robótica

O computador da IBM especialmente projetado para jogar xadrez venceu o maior jogador de todos os tempos em 1996: Garry Kasparov. O acontecimento foi um marco histórico para o mundo da robótica e foi retratado em filmes como The Man vs. The Machine e Game Over: Kasparov and The Machine.

2 – Robôs já podem dirigir seu carro

A robótica nem sempre assume as formas humanas com as quais estamos acostumados. Nem sempre eles precisam de braços, pernas e torso: na verdade, alguns não precisam de nenhuma parte móvel! E carros autônomos são um ótimo exemplo para essa afirmação, já que se resumem a apenas um software que controla os sistemas de direção elétrica, aceleração e freios, utilizando sensores e câmeras dispostos ao redor do carro.

E não pense que essa é uma tecnologia distante: já é possível comprar carros com sistemas de direção semiautônoma. E apesar de ainda precisarem de algumas melhorias, eles já são muito bons nisso. Muitas montadoras anunciaram planos de lançamento de carros completamente autônomos até 2020!

3 – Eles até mesmo andam em terrenos acidentados

Andar pode não parecer grande coisa para você, afinal, fazemos isso desde muito pequenos. Mas fazer robôs andarem em lugares que possuem um terreno com desníveis e obstáculos é um desafio e tanto. Colocá-los em duas pernas e equilibrá-los ao caminhar em uma floresta, por exemplo, é uma tarefa complicada e exige um software muito bem projetado.

Os robôs da Boston Dynamics são ótimos nisso e conseguem caminhar até mesmo na neve. Se perderem o equilíbrio, conseguem restabelecê-lo, e se caírem, conseguem se levantar sozinhos. Uma habilidade do tipo pode ser muito útil em situações de resgate, por exemplo, onde entrar com veículos pode não ser viável.

4 – Existem robôs que limpam sua casa por você

Aspiradores de pó automáticos existem há algum tempo, mas têm se tornado cada vez mais acessíveis. É possível programá-los para aspirar sua casa em determinados horários do dia e, assim que chegar a hora, eles deixam suas bases, onde carregam suas baterias, e começam a limpar todo o pelo, poeira e pequenos objetos que encontrarem pelo caminho. Basta esvaziar seu interior ocasionalmente e sua casa estará sempre limpa!

5 – Robôs podem construir casas

A construção civil é uma das áreas com um dos maiores potenciais de mudança com a chegada dos robôs. Muitas empresas já criaram protótipos de robôs construtores, que são capazes de reduzir o custo de produção de uma casa a níveis baixíssimos, além de aumentar a velocidade de construção.

O Massachussets Institute of Technology, Instituto de Tecnologia de Massachussets, nos Estados Unidos, criou uma tecnologia de impressão 3D que utiliza produtos químicos que, quando misturados, se solidificam em uma parede sólida e robusta. O primeiro protótipo do equipamento permite a construção de uma casa em cerca de 14 horas!

6 – Robôs podem te ensinar a jogar pingue-pongue

Você é ruim no tênis de mesa? Uma empresa no Japão criou um robô capaz de jogar com você e avaliar suas habilidades no esporte. Além de câmeras e sensores de movimento instalados para verificar a trajetória da bola, o robô também possui maneiras de verificar seu posicionamento e movimentos, a fim de entender sua maneira de jogar.

7 – Robôs podem até mesmo fazer parte de seu corpo

Robótica

A cada dia, a linha que separa humanos de robôs fica mais difícil de se distinguir. Dispositivos eletrônicos já podem ser implantados no corpo das pessoas, oferecendo novas possibilidades de interação com o mundo real.

Um produto chamado North Sense, por exemplo, pode ser implantado na sua pele para que vibre apenas quando estiver apontando para o norte do planeta, te dando algo equivalente a um novo sentido. Diferentemente de uma bússola, que é usada apenas quando é necessário e logo em seguida é guardada, um dispositivo do tipo está sempre ligado.

Braços robóticos já podem ser implantados e controlados pela mente e, apesar de ainda terem um longo caminho de evolução a ser traçado, já melhoram a qualidade de vida de milhares de amputados em todo o mundo.

E que tal aprender a construir os seus próprios robôs? Venha para a People e traga a sua carreira para o futuro! Conheça o nosso curso de robótica e esteja preparado para um novo mundo.

Fonte: https://www.people.com.br/noticias/robotica/7-fatos-incriveis-sobre-robos